• Telefone: (55) 3221-4838
  • Email: atendimento@lzcontabil.com.br

Reforma trabalhista é aprovada no Senado: confira o que muda na lei

Por Por Marta Cavallini, G1.

Senado aprovou nesta terça-feira (11) o texto da reforma trabalhista. Para virar lei, as novas regras ainda dependem da sanção do presidente Michel Temer. A reforma muda a lei trabalhista brasileira e traz novas definições sobre férias, jornada de trabalho e outras questões.  

Será que a motivação do colaborador afeta o sucesso da sua empresa?

Há uma conexão entre a motivação do colaborador e a produtividade, a rentabilidade ou até mesmo o volume de negócios? Vamos examinar se a motivação do colaborador afeta o sucesso de um negócio e as medidas que os líderes podem colocar em prática para que seus colaboradores se sintam motivados e felizes no trabalho?  

Falta de planejamento pode fazer Holding ser mau negócio

Há algum tempo as holdings e empresas de administração de bens próprios estão na moda. Em diferentes contextos são utilizadas estas empresas, mas podemos dizer que caiu nas graças principalmente no âmbito familiar. Normalmente a motivação de constituir estas estruturas societárias gira entre planejamento tributário, planejamento sucessório e proteção patrimonial, bem como estruturação e profissionalização dos negócios.  

O empregador tem a obrigação de aceitar atestado de acompanhamento médico

O empregador é obrigado a abonar as faltas que por determinação legal, não podem ocasionar perda da remuneração, desde que formalmente comprovadas por atestado médico. A legislação estabelece alguns requisitos para que os atestados médicos tenham validade perante a empresa.  

Habilidades profissionais mais procuradas e apreciadas pelas empresas

Todos querem trabalhar numa excelente corporação e fazer parte das “Melhores Empresas Para Se Trabalhar”. O que nem todos percebem é que quem faz esta ou aquela empresa ser uma organização bem vista por todos são as pessoas.  

Quer abrir sua empresa em 2017? Especialistas dão 5 dicas

Se 2016 foi o ano da crise, 2017 será o ano da sobrevivência, segundo especialistas ouvidos pelo UOL. O consumo deve continuar em baixa, e o desemprego deve aumentar. O cenário faz com que o empreendedorismo vire uma alternativa de renda para muitas pessoas, mas também aumenta o risco do negócio.